Blog

Psicólogo cria Gibicicleta


17/10/2013 21:22

Com o objetivo de incentivar a leitura e a inclusão social por meio do universo dos desenhos em quadrinhos, o psicólogo Ronilço Guerreiro adaptou uma bicicletae levou para as ruas uma gibiteca itinerante que ficou conhecida como 'gibicicleta'. Com a 'gibicicleta', Ronilço leva cerca de 2 mil exemplares de desenhos em quadrinhos para feiras, parques, praças e escolas em diferentes pontos de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. A cada visita, as crianças se aglomeram, interessadas em ler alguns exemplares dos gibis. O objetivo é despertar o prazer da leitura em crianças e adolescentes, mas adultos também são bem-vindos. “Certa vez eu estava no centro de Campo Grande e um morador de rua chegou, pegou um gibi e perguntou o valor. Eu expliquei que eles eram para leitura local, mas ofereci um gibi de presente a ele”, conta o psicólogo sobre uma de suas experiências com a ‘gibicicleta’. Para a surpresa de Ronilço, “ele simplesmente falou que queria pagar. Recusei receber, mas ele disse que (o gibi) tinha valor. Então pegou R$ 0,25 e colocou em cima da gibicicleta”, relata. Este não é o primeiro trabalho de Ronilço na área de inclusão social por meio da leitura. Antes da ‘gibicicleta’, ele já havia montado uma gibiteca com mais de 20 mil exemplares disponíveis ao público, inspirado em uma versão semelhante que conheceu em Curitiba. A gibiteca funciona desde 1995 na rua Francisco Barbato, no Jardim Oracília, e atualmente conta com o apoio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, do Ministério da Cultura e da Prefeitura de Campo Grande. Recentemente, Ronilço também lançou um projeto denominado ‘Livros Carentes’, que tem como objetivo fazer com que as pessoas doem e ‘adotem’ livros. Segundo ele, a cada saída semanal pelas praças e ruas da cidade com o projeto, os moradores trocam cerca de 200 livros.

Outros Artigos